domingo, 17 de junho de 2012

Eu que sempre quis tanto que você voltasse, agora a única coisa que eu quero de você, é que você suma e em silêncio para que eu nem perceba.


Nenhum comentário:

Postar um comentário