terça-feira, 15 de janeiro de 2013

“Joguei minhas responsabilidades fora e voei pra longe de tudo aquilo que me lembrava você, de toda aquela vontade de estar ao seu lado, toda aquela angústia por não poder te ver, mas dentro de mim ainda tinha um um monte de você, por onde eu andasse acharia alguma coisa sua, seu cheiro, sua voz, não importava o que eu fizesse, se quisesse não te ver, teria que fugir de mim mesma.”
— Gabrielle Umbelino

Nenhum comentário:

Postar um comentário